O que é Internship? Saiba tudo com este texto

Um internship é uma oportunidade oferecida por universidades/empregadores a estudantes para que trabalhem em empresas reais por um período limitado. Os internships são como os nossos estágios, e os participantes são chamados de interns (ou estagiários).

Em países como Estados Unidos e Reino Unido, em que o ano letivo tem início no meio do ano (agosto), os internships podem ser de meio período durante o semestre de aulas ou integrais durante as férias de verão (que duram três meses, de junho a agosto).

A experiência

Também chamados de placements ou work placements, eles são uma excelente forma de adquirir experiências práticas em ambientes profissionais reais relacionados à área de estudo.

Podem ser remunerados ou não remunerados e devem ser realizados durante o curso acadêmico. Em algumas graduações, o internship é parte obrigatória da grade curricular e necessária para a conclusão do curso.

Os interns

Normalmente, os interns são estudantes universitários de graduação ou pós-graduação que ainda não possuem experiências profissionais na área de estudo acadêmica.

O que os interns fazem no internship

O intern exerce uma função real dentro de uma empresa, com responsabilidades diárias, durante um período fixo e limitado. Diferente de um emprego real, o internship tem um caráter bem marcante de treinamento, no qual o estudante aprende na prática o que ele aprendeu ou está aprendendo nas aulas da universidade. O empregador não tem a obrigação de efetivar o intern com o término do internship.

A duração

A duração de um internship varia amplamente. De maneira geral, podem durar de dez semanas a três meses ou todo um trimestre/semestre. Em países como Estados Unidos e Reino Unido, os estágios podem ter a duração dos termos acadêmicos, que costumam ser delimitados pela estação do ano, por exemplo “estágio de outono” ou “estágio de verão”.

  • Os internships de outono normalmente têm início em setembro;
  • Os internships de inverno normalmente têm início em novembro ou dezembro;
  • Os internships de primavera normalmente têm início em janeiro ou fevereiro;
  • Os internships de verão normalmente têm início em maio ou junho.

No entanto, a duração do estágio é um acordo feito entre o estudante, o empregador e, muitas vezes, a universidade, que pode exigir uma período específico de internship para a formação do aluno.

As diferenças entre internship e apprenticeship

Basicamente, tanto o internship quanto o apprenticeship são programas criados para proporcionar treinamento prático a estudantes ou jovens profissionais. Entretanto, existem várias diferenças entre eles. O estágio costuma durar um semestre ou acontecer nas férias de verão; já o “programa de aprendizes” (em uma tradução livre), apesar de haver opções de 12 meses, pode levar anos para ser concluído e exige um comprometimento integral do participante.

Enquanto alguns internships são, inclusive, não remunerados – o que significa que o estagiário tem a experiência prática sem receber –, os apprenticeships devem ter um salário obrigatoriamente.

Outra diferença é que o estágio geralmente faz parte do curso acadêmico, seja ele uma graduação ou pós-graduação, e não pode atrapalhar os estudos. O apprenticeship é um programa por si só e as aulas oferecidas estão totalmente relacionadas à ocupação que você exercerá. Sem contar que, com a sua conclusão, os participantes são empregados.

Isto porque, na maioria dos casos, são as próprias empresas que oferecem os “programas de aprendizes” ou os patrocinam, o que significa que gastam tempo e dedicação treinando os profissionais para vagas e ocupações específicas dentro da companhia.

ciee pr

5 vantagens de um estágio no exterior

 

Um internship é uma valiosa oportunidade de colocar conhecimentos em prática e concluir a graduação/pós-graduação com experiência profissional. Durante o internship, o estudante conhece profissionais da área e ainda tem a possibilidade de ser efetivado se tiver um bom desempenho.

Se for remunerada, a vaga de intern pode ser também uma forma de ganhar recursos extras para bancar os estudos. Conheça a seguir, mais cinco benefícios de fazer um estágio no exterior:

1. Experiência no mundo real

Mesmo que a sua universidade internacional tenha uma excelente grade curricular, inclusive com aulas práticas, nem mesmo um curso acadêmico lhe ensinará tanto sobre o mundo real do que um estágio.

Unir-se à uma empresa como estagiário lhe dará a oportunidade de trabalhar na prática em um ambiente profissional de verdade. Com isso, a experiência lhe proporcionará a compreensão do caminho que você gostaria de seguir com a sua carreira.

É, além de tudo, um exercício de autoconhecimento, porque você poderá fazer um test drive em possíveis empregos e explorar opções para ver qual tem mais a ver com você.

2. Networking

Dentro da empresa onde estiver estagiando, você fará contatos com profissionais da área e possivelmente criará amizades que poderão ser bastante produtivas quando você estiver à procura de uma vaga definitiva.

Além disso, por ter a possibilidade de participar de reuniões e eventos, você conhecerá pessoas de todo o setor, muito além da sua empresa. Ao interagir com todos esses profissionais, você aprende a se comunicar efetivamente e cria a sua rede de contatos.

Como resultado, networking será essencial na hora em que precisar de referências, recomendações e indicações quando estiver finalmente disponível no mercado de trabalho – quem sabe você até mesmo não acaba ganhando um mentor profissional?

3. Currículo valorizado

É muito difícil conseguir experiência profissional sem experiência profissional. Todo mundo que já tentou uma vaga sem ter as habilidades e conhecimentos prévios exigidos sabe a importância de um forte currículo. Sem ele, você não será considerado às vagas profissionais às quais se candidatar.

Mas e como conseguir um currículo impressionante sem experiência? Os estágios são fatores essenciais para a construção de experiência como estudante ou recém formado e uma excelente forma de dar uma valorizada no seu currículo.

Os empregadores tendem a contratar pessoas que já foram estagiários, com experiência no setor, do que alguém com um currículo genérico. Por isso, na hora de escrever o seu CV, não se esqueça de salientar as coisas importantes que você aprendeu durante o seu estágio no exterior!

4. Gestão de tempo

Ao trabalhar em um ambiente profissional com ritmo acelerado, você precisará de todos os minutos do seu tempo para conseguir atender a todas as demandas e entregar tudo no prazo certo.

A gestão do tempo é uma soft skill muito importante em qualquer carreira que lide com reuniões, projetos, atendimento ao cliente, prazos finais, diferentes trabalhos simultâneos, etc.

5. Início da sua carreira

Finalmente, o estágio será a base que você precisa para o seu futuro. Estas experiências ajudarão a dar o ponta pé inicial à sua carreira. Por este motivo, é importante que você procure por oportunidades com base nos seus interesses e objetivos de carreira, afinal, o estágio pode, sim, acabar moldando o seu futuro profissional.